INSTITUCIONALIZAÇÃO E METROPOLIZAÇÃO DO ESPAÇO NO BRASIL: NOTAS SOBRE UM DEBATE NECESSÁRIO

Virginia Celia Cavalcante de Holanda, Francisca Fernanda Batista de Castro

Resumen


O debate envolvendo os espaços metropolitanos é cada vez mais recorrente nos estudos geográficos. Essa questão está relacionada ao acelerado processo de urbanização desencadeado, sobretudo a partir da década de 1970, o que acabou culminando na institucionalização das primeiras regiões metropolitanas no Brasil. Neste trabalho, buscamos compreender a região metropolitana enquanto política territorial, que visa promover o planejamento, organização e execução de funções públicas de interesse comum a um determinado grupo de municípios. Para tanto, nos apoiamos em uma reflexão teórica que contempla processos e dinâmicas socioespaciais, com o intuito de promover uma discussão que vai além da esfera institucional.

Palabras clave


Região Metropolitana. Política de Governo. Cidades.

Texto completo:

PDF

Enlaces de Referencia

  • Por el momento, no existen enlaces de referencia


Copyright (c) 2019 Breves Contribuciones del IEG - Instituto de Estudios Geográficos 'Dr. Guillermo Rohmeder' -

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Licencia Creative Commons
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.

 

ISSN 2250-4176 (versión online)

ISSN 0326-9574 (versión impresa)

Breves Contribuciones es una revista científica editada por el Instituto de Estudios Geográficos "Dr. Guillermo Rohmeder" -

Facultad de Filosofía y Letras - Universidad Nacional de Tucumán. Av. Benjamin Aráoz (4000). San Miguel de Tucumán



                                                         Hecho en OJS (Open Journal System)